Cassar pela democracia e respeito as instituições

Daniel Silveira, é amigo de milicianos bolosonaristas e um mau exemplo em tudo. Como policial, acumula punições e como deputado tem um histórico de atitudes antidemocráticas, além defender o uso da força bruta contra adversários políticos. Ficou famoso por quebrar uma placa com o nome da vereadora Marielle Franco, morta por encomenda. Ainda não foi revelado quem foi o mandante do crime.

Silveira, é amigo de Queiroz, e de nomes suspeitos de pertencer às milícias cariocas. O deputado já tentou entrar a força em um avião, sem usar a máscara exigida. A última agressão do bolsonarista aos integrantes do Supremo, custou-lhe a prisão. Foi preso por ofensas e ameaças a ministros do STF, e defesa do AI-5 divulgadas em vídeo nas redes sociais.

Mantê-lo preso e cassar seu mandato é defender a democracia. O projeto bolsonarista é fazer ataques constantes as instituições até desacreditá-las diante a opinião pública para que haja uma anarquia e seja implantada uma ditadura teocrática.

Como um fantasma, Queiroz sai das sombras para assustar Bolsonaro

Fabrício Queiroz sai das sombras  neste domingo para mandar um recado para Bolsonaro. No Facebook, escreveu: “Minha metralhadora tá cheia de balas” O homem de confiança do presidente, nos tempos…

Joice Hasselmann pode ter sido dopada antes das agressões

O estranho atentando contra a ex-bolsonarista, deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), que aconteceu enquanto marido dormia no quarto ao lado e não vida nada da brutal agressão. Segundo Hasselmann…

Perdido mais que cego em tiroteio, agora diz que é do Centrão

Agora Bolsonaro diz :”Eu sou do Centrão“, ao defender aliança com bloco que até recentemente, era tachado de “ladrões” durante a campanha eleitoral em 2018. Será o general mais uma carta f…

Pés no “cadafalso e corda no pescoço”; Bolsonaro não governa mais

O mandato do presidente  Jair Bolsonaro está por um triz por uma série de motivos, que vão desde crimes de responsabilidade diante da pandemia, corrupção as entranhas do governo, rejeição recorde e um…

Bolsonaro trocou médicos por alguém disposto a seguir ordens!

O Brasil está sendo governado por um regime teopolítico, totalitário, que aparelhou todos os órgãos estatais com militares e pastores, pessoas dispostas a seguir ordens sem questionar. O presidente fe…

A cloroquina não deu certo e Nise Yamaguchi foi ‘jogada às piranhas’

A pesar de participar do governo negacionista, Antônio Barra Torres, presidente da Anvisa, manteve-se fiel à ciência e foi de encontro a ideologia do presidente Jair Bolsonaro, fornecendo detalhes da …

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Marcações: