Lula comemora o dia em que se entregou a Polícia Federal, como data simbólica

Na noite de hoje, 07/04, Lula comemorou a data em que se entregou à PF após 26 horas do fim do prazo dado por Moro. Ele poderia ter se refugiado em qualquer país, mas preferiu se entregar para provar a sua inocência. No Twitter, disse que já provou e vai provar muito mais, que Moro e a Força Tarefa da Lava jato mentiram.

O dia 7 de abril de 2018, é uma data que tem um enorme significado para ele, pois marca a sua entrada para a história como um preso político, como já havia acontecido com muitos líderes populares, antes dele. Depois de 580 dias na prisão, Lula saiu da cadeia disparando contra o governo que Sergio Moro ajudou eleger e se tornar ministro, fato que ele interpretou omo uma recompensar por tê-lo mantido na prisão para não disputar uma eleição, na qual seria eleito em todos os cenários.

A ordem da sua soltura foi assinada às 16:21h pelo juiz Danilo Pereira Júnior, responsável pela 12ª Vara Federal de Curitiba. Lula, estava viúvo aos 74 anos e nos últimos meses da sua prisão, assumiu a relação amorosa com Janja, uma petista que conhecia deste 1993. A liberdade do ex-presidente foi baseada na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que proíbe a prisão após condenação em segunda instância.