“Não estou doente e continuo no cargo”, diz ministro Pazuello

A insistência em manter o general à frente da desastrosa administração da Saúde Pública aumenta o agravante da crise sanitária no país e no mundo. Eduardo Pazuello insistiu na cloroquina até as últimas consequências (270 mil mortos). O ministro da Saúde afirmou na tarde deste domingo (14) que continua no cargo e não sairá até que o presidente Jair Bolsonaro peça, para tristeza e desespero dos brasileiros.

“Eu não estou doente, continuo como ministro da Saúde até que o presidente da República peça o cargo. A minha missão é salvar vidas”

Disse ele por meio da assessoria do Ministério, durante a discussões no governo para substituí-lo. A mudança foi cogitada por pressão de aliados após a volta do ex-presidente Lula, que colocou o dedo direto na ferida e sugeriu um gabinete de crise composto por profissionais qualificados.

A cardiologista e intensivista, Ludhmila Hajjar, chegou a ser cotada para substituir o general que de logística não entende nada. Para piorar a situação, as ruas foram tomadas por bolsonaristas pedindo o fim do lockdown no pior momento da crise. Bolsonaro e Pazuello precisam responder criminalmente pela maior crise sanitária de todos os tempos.

Como um fantasma, Queiroz sai das sombras para assustar Bolsonaro

Fabrício Queiroz sai das sombras  neste domingo para mandar um recado para Bolsonaro. No Facebook, escreveu: “Minha metralhadora tá cheia de balas” O homem de confiança do presidente, nos tempos…

Joice Hasselmann pode ter sido dopada antes das agressões

O estranho atentando contra a ex-bolsonarista, deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), que aconteceu enquanto marido dormia no quarto ao lado e não vida nada da brutal agressão. Segundo Hasselmann…

Perdido mais que cego em tiroteio, agora diz que é do Centrão

Agora Bolsonaro diz :”Eu sou do Centrão“, ao defender aliança com bloco que até recentemente, era tachado de “ladrões” durante a campanha eleitoral em 2018. Será o general mais uma carta f…

Saiba mais sobre este Site (aqui)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Marcações: