País arruinado e contaminado é o legado do bolsonarismo

“O Brasil está quebrado, chefe. Eu não consigo fazer nada. Eu queria mexer na tabela do Imposto de Renda, tá, teve esse vírus, potencializado pela mídia que nós temos, essa mídia sem caráter”. Jair Messias Bolsonaro

Não poderia dar certo, um país governado por milicos saudosistas e religiosos retardados. O mundo fantasioso das teorias conspiratórias e “mamadeiras de pirocas” acaba de se chocar com a triste realidade; o país está quebrado, contaminado e com 14 milhões de brasileiros de volta a miséria. 

Bolsonaro não enganou ninguém, estava claro que não seria capaz de governar um país complexo e de dimensões continentais como o nosso. Desde a campanha dava sinais que não tinha plano de governo e governaria apenas para sua “tribo’ de aloprados e oportunistas de plantão.

Tudo que fez durante os 2 anos de mandato foi aparelhar o governo com cúmplices e oportunistas, para se manter no poder. Não há mais tempo a perder; impeachment é a única maneira de livrar o país do déspota que sabotou as instituições democráticas para implantar uma agenda miliciana.