fbpx

Para remover Bolsonaro da presidência, Mourão é melhor que nada e tem o apoio da esquerda

Em uma reunião do Conselho da Amazônia (02/04), sob a presidência de Hamilton Mourão, Flávio Dino, do PCdoB e líder da “Frente Democrática”, decidiu tornar pública a percepção que vinha consolidando nas últimas semanas; que Jair Bolsonaro deveria entregar o governo ao vice.

“Tivemos uma reunião com diálogo técnico, respeitoso, sensato. Claro que Mourão não é do meu campo ideológico. Mas, se Bolsonaro entregar o governo para ele, o Brasil chegará em 2022 em melhores condições” Flávio Dino.

Antes desse encontro, diversos líderes da esquerda no país havia se unido e assinado um documento em que pede a renúncia do presidente Jair Bolsonaro. O texto é assinado por políticos como o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (Psol) e Manuela D’Ávila.

Leia também: Bolsonaro é um peso morto e Mourão já se prepara para assumir de qualquer jeito