SOCIEDADE DE HIPÓCRITAS – SEPULCRO CAIADO

Do grego hypokrinein ou hypokrisía, que significava inicialmente “separar gradualmente” ou “representar um papel”, “fingir”.
Que a palavra hipócrita significa fingido ou falso, todo mundo sabe. Mas, o que pouca gente conhece é a história interessante dessa palavra.

“Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Sois como sepulcros caiados: por fora parecem belos, mas por dentro estão cheios de ossos de cadáveres e de toda podridão! Assim também vós: por fora, pareceis justos diante dos outros, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e injustiça. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Construís sepulcros para os profetas e enfeitais os túmulos dos justos, e dizeis: ‘Se tivéssemos vivido no tempo de nossos pais, não teríamos sido cúmplices da morte dos profetas’. Com isso, confessais que sois filhos daqueles que mataram os profetas. Vós, pois, completai a medida de vossos pais! ” Mateus 23: 27-32


Do grego hypokrinein ou hypokrisía, que significava inicialmente “separar gradualmente” ou “representar um papel”, “fingir”.
Que a palavra hipócrita significa fingido ou falso, todo mundo sabe. Mas, o que pouca gente conhece é a história interessante dessa palavra.
Ela vem do grego hypokrinein, que designava, na antiga Grécia, os atores de teatro, pois durante as apresentações eles fingiam ser outras pessoas.
E o que eles faziam no palco era uma “hipocrisia” (do grego hypokhrinesthai), que significava “fingimento”.
Essa palavra também é de origem grega e era aplicada à ação de interpretar uma peça teatral.
Com o tempo, hipócrita passou a indicar qualquer pessoa falsa ou fingida, e foi com esse sentido que entrou na língua portuguesa, por volta do século XIV.
Muitas pessoas confundem a origem do nome Hipócrates – conhecido como o “pai da medicina” – com a raiz etimológica que deu origem ao termo hipócrita, no entanto, ambas as palavras não estão relacionadas.

Deixe o seu comentário

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER