Vereador sem noção não aceita críticas de “forasteiros”

A liberdade de expressão é um dos pilares da democracia e só é negada nos regimes totalitários. A Constituição Federal no seu parágrafo 2.º do artigo 220, garante:

“A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística”.

Apesar disso, existem pessoas que exercem a vida pública mas não sabe o que é o jornalismo de crítica social, e replica: “não aceito críticas de forasteiros”.

O presidente da Câmara de Vereadores de Tobias Barreto, não é ruim somente em geografia. Como parlamentar, desconhece os direitos civis, não faz ideia do que é cidadania e muito menos conhece a Carta magna de 1988, mãe de todas as leis do país, onde no seu inciso XV do art. 5º, assegura a liberdade de ir e vir da seguinte maneira:

“É livre a locomoção no Território Nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens”.

Isso se aplica a brasileiros nato ou naturalizados, assim como, aos estrangeiros munidos de passaporte expedido pelas autoridades brasileiras. Somente uma pessoa de mentalidade tacanha e pouca escolaridade, pode chamar de “forasteiro”, uma pessoa que mora na cidade há mais de vinte anos com toda sua família e que sempre militou em defesa da cidade.

O vereador Romildo Rodrigues de Oliveira, desconhece que mais da metade dos cidadãos tobienses não são naturais da cidade. São pessoas que há anos, constituíram famílias, negócios e votam para escolher os seus representantes.

O referido parlamentar precisa estudar mais, para poder exercer o seu mandado com coerência e responsabilidade e deixar de falar asneiras na tribuna ou será duramente criticado por este jornalista.

“Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de dizê-las”. (Voltaire)

Deixe o seu comentário

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER